Foi aprovado com unanimidade o novo regimento interno ADBH



No dia 13 de dezembro foi aprovado o novo Regimento Interno da Igreja em Assembleia Ordinária de Membros. O Regimento Interno é um conjunto de regras estabelecidas para regulamentar os procedimentos gerais da Instituição. A reforma deu-se necessária pois, na última reforma em 2013, foi modificado apenas o Estatuto.


O processo de atualização foi efetuado de forma intensa e detalhada por meio de etapas. Inicialmente foram recolhidas sugestões dos diretores e pastores; a seguir, o Setor Jurídico preparou um anteprojeto que foi debatido por toda a Diretoria Geral.


Após uma criteriosa análise, modificação e aprovação, o texto foi apresentado ao colégio de pastores regionais para uma avaliação e pontuação, sendo depois submetido a deliberação em Assembleia Ordinária de Membros onde foi lido cada modificação e aprovado por todos presentes.


“Toda instituição para ser reconhecida legalmente depende de um Estatuto. Ele diz as normas, direitos e deveres que regem a instituição como a Diretoria, os pastores regionais e aos departamentos. O Regimento Interno normatiza e ajuda a aplicar as determinações do Estatuto. Ele se torna a lei, a bússola administrativa dos membros”, afirmou o Pastor Presidente Simoni Hélio de Moraes.


O Pastor Victor Hugo da regional Boa Vista, também advogado, acredita que uma instituição sem o Estatuto se demonstra desorganizada e informal e quando ela prima por ter um Estatuto de forma objetiva e clara nas diretrizes, ela se compromete com todo esse contexto que é aprovado em assembleia, se tornando lei. “Parabenizo a Diretoria que promoveu a reforma do Regimento Interno. Ele não pode parar no tempo. Temos que manter o regimento condizente com o momento da sociedade, sendo coerente, sem perder os princípios da Palavra.”, afirmou.


Em breve o Regimento Interno será disponibilizado no site.

Destaques